terça-feira, setembro 19, 2006

A solidão corrói-me. Sinto na pele o desespero do vazio uma vez mais. Uma amiga chamou-me para ajudar na solidão dela. Fui ajudar. Consegui afastá-la, mas transferiu-se para mim, e agora tenho mais solidão ainda porque contava que ela ajudasse também na minha mas tal não aconteceu. As pessoas ignoram a solidão. A solidão delas é como para mim um dia relativamente preenchido. Queixam-se ao mínimo sinal, mas não conhecem a verdadeira solidão, como estado natural. A minha solidão aperta-me a garganta, não me deixa respirar. Já não aguento mais...

3 Comentários:

Blogger marcas_visiveis disse...

voce nao esta sozinho!
eu estou aqui com voce!
quer minha companhia??

vou linkar voce!
pode?
abraço!

sexta set 22, 05:37:00 da manhã 2006  
Blogger MJu disse...

Essas pessoas de quem falas só se devem sentir sozinhas quando estão realmente sozinhas.
E a pior solidão, a horr+ivel solidão, é quando "nos sentimos sozinhos no meio de uma multidão".


Abraço*

domingo out 22, 09:36:00 da tarde 2006  
Blogger Ricardo Oscar disse...

Obrigado pela vossa visita e pelos vossos comentários. É bom saber que algúem lê aquilo que escrevo, e que sente dando a sua interpretação sob forma de conselho...

domingo nov 05, 11:06:00 da tarde 2006  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial