terça-feira, dezembro 12, 2006

Haverá mesmo uma pessoa ideal para nós? A tal alma gémea de que tanto se fala? Eu não ponho a questão nesses termos. Acredito contudo que um dia encontrarei uma mulher que me fará esquecer todas as outras, e que fará cessar a minha procura, passando a desejar unicamente não perder a pessoa mais fantástica que conheci em tantos anos. Acredito que esse dia irá chegar.

Mas falemos do presente. A minha relação com Laura chegou a um impasse, que na minha opinião não é mais do que um final em vários actos. Gosto e gostei bastante de Laura, mas a paixão está a esgotar-se. As minhas paixões geralmente nunca duram mais do que dois meses (excepção feita às platónicas), porque geralmente é este o tempo que demoro para perceber algo que já sabia desde o início. Isto é, que não vale a pena prolongar uma relação com alguém de quem gostamos mas que não nos faz esquecer que desejamos algo mais, que desejamos continuar a nossa busca. O facto de estar ausente de Laura durante duas semanas deu a desculpa perfeita. Penso que ela chegará naturalmente por si própria à mesma conclusão...

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial