quinta-feira, março 10, 2011

Quinta-feira à noite

Saí na quinta com uma colega por quem ando meio apanhado e que me parece corresponder (aqui há dias sonhei que ela estava sentada em cima de mim enquanto a penetrava), mas ela foi embora com uma amiga viciosa e não quis ficar para sair à noite. Mandou sms a um amigo a quem ia dar boleia para a terrinha, de fim-de-semana. Uma outra colega em comum, que desconfio que espera algo de mim, apesar de ela não me atrair, mandou sms à primeira a perguntar se realmente tinha saído comigo, ciumenta, quando estava farta de saber que sim (tínhamos combinado à frente dela). Eu nem era para sair de todo, mas haviam cortado a luz em casa, por falta de pagamento, há uma semana. Acabei por encontrar o M, um amigo, com quem fomos beber uns copos. Lá encontrei umas alemãs, a quem me abracei e bati uns couros, tentando-me aproveitar. Fui para a discoteca e atirei-me a um rapariga tão boa e grossa, que me dava uma tesão inacreditável, com um corpo que me fazia lembrar o de Lúcia. No final da noite, em que nos roçámos por duas horas, foi embora e só me deixou um número falso.
Quando vinha embora a sair da discoteca, voltei a encontrar Vânia, que me beijou imediatamente, e começámos a curtir. Viemos para casa e demos uma grande foda, apesar da bebedeira. No domingo liguei à da discoteca e descobri que o número era falso. Na segunda comi uma gaja mais velha no meio da pista de outra discoteca, mas ela não quis foder. Estava mascarado e sentia-me como Casanova.
Na terça à noite fui novamente para casa de Vânia, fodemos, dormi lá, e até foi bom. Tive que lhe prometer levar um antibiótico, porque dizia ter apanhado uma infecção urinária por causa de mim, quando isso não é sequer transmissível. Hoje dei-lhe o antibiótico, mas não me quis levar para casa, porque de manhã ia visitar um amigo com quem tinha estado internada. Desiludido, liguei para Lourdes uma antiga colega minha, amiga com quem saio ocasionalmente há vários anos, mas que nuca me deu abébias para foder. Estava doente e não quis sair, depois de eu lhe ter dado duas tampas seguidas depois de ter trazido um gajo para o meu lugar na última festa a que fomos, e a quem não estava a pensar convidar mais.

Entretanto, entrei para um ginásio, que frequento há um mês, e ganhei 4 kilos de peso, e infinitamente mais auto-estima...

No entanto estou confuso, pois no início eu só queria conseguir uma namorada de quem gostasse, que seria a primeira colega de trabalho que tinha referido, e não sei se esta confusão me vai fazer mal à cabeça.

Agora estou a pensar se devia sair hoje ou não, porque amanhã tenho de trabalhar.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial