domingo, fevereiro 17, 2008

Ano Novo (continuação)

Como ia entretanto a escrever no outro dia, estava decidido a permanecer livre e manter-me afastado de confusões com mulheres, pelo menos com aqueles que não me interessassem verdadeiramente. Contudo passei o mês inteiro de Janeiro em bezanas, drogas e festas. Numa destas conheci Baby, uma polaca interessantíssima, bonita, inteligente e avant-garde. conhecemo-nos de madrugada. Uma noite fantástica de sexo.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial