quarta-feira, setembro 07, 2005

Estar apaixonado é fodido
Perde-se o gosto de viver
passa-se a existir em função de um ser
o pensamento torna-se prisioneiro, cativo
ansioso como um fugitivo

Penso nela o dia todo
Um desesperante estado de transe
determina toda a minha acção.
A toda a hora me interrogo
quando vai acabar esta auto-destruição

Maldito impulso que me empurra cegamente
o mesmo que no abismo impele a dar um passo em frente
Penso racionalmente, e nada vejo
luto para regressar, mas não consigo.
Mas que raio se passa comigo?

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial