sábado, dezembro 26, 2009

Sonho Estranho

Organiza-se a festa. As raparigas são simpáticas e parecem gostar de mim. Os vagabundos jogam andebol, e lembram-me que deveria voltar a fazer desporto. Um gangue persegue-me a tiro, mas consigo escapar. Chego seguro ao café onde encontro 3 ou 4 mulheres conhecidas que se parecem interessar em fazer conversa. Convidam-me para casa de uma delas, onde o marido me olha com suspeição. Limito-me a ficar ali sem fazer nada, tentando ser simpático, não sabendo se o gangue continua à minha procura ou não. Não sou eu quem controla este guião. Olhar para elas, escutando a sua convesa, ver como se debatem para ver quem recebe a maior atenção entre elas é para mim sufciente para me dar prazer e me fazer sentir bem...

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial