sábado, julho 21, 2012

Pesadelo

Contava-me que tinha ido para a cama várias vezes com um cromo que tinha namorado com a minha ex dos 18 anos depois de mim. Ela contava-me isto com a maior das calmas, fazia-o às escondidas do namorado. Eu olhava para ela na cama, depois do acto consumado, via aquele corpo, aquelas mamas desnudadas e não percebia como tinha perdido aquela mulher, ao mesmo tempo que sentia tristeza pelo que ela me contava... Muito mais à frente no sonho, ela tenta-me abraçar e eu desviei-me. Estávamos num prédio, mas não tinha paredes e ela caiu do apartamento. Eu olhava para o corpo na esperança que ela ainda estivesse viva. Recriminava-me por não tê-la agarrado. Tinha sido um instinto, pois não a perdoava por ter caído naquela decadência. Mas no final culpava-me a mim próprio, porque tudo aquilo não era importante, ela ainda me amava e tudo aquilo tinha sido uma tentativa desesperada. Mas agora era tarde demais e a culpa assolava-me.



Acordei. Era apenas um pesadelo.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial