sábado, junho 23, 2012

Ânsia

Há dias em que acho que deve ser isto amar loucamente. É normal passar um dia inteiro a pensar numa mulher, ir ao google e pôr o nome dela, e depois passar horas a olhar para uma foto com uma enorme vontade abafada de chorar? Não conseguir relaxar, não conseguir trabalhar, não conseguir fazer mais nada? E depois largar tudo e continuar a fazê-lo obsessivamente, desejar voltar a vê-la, a falar com ela, imaginar e  mil e um esquemas, e não haver nada que possa fazer para evitar esta magicação? E só a custo conseguir evitar cometer uma loucura. E no final querer fugir dali imediatamente e sentir-me miserável, para depois querer novamente voltar a repetir todo o processo? E depois imaginar um reencontro, imaginar que a pessoa também não nos esqueceu, imaginar ambos a largarmos tudo para ficarmos juntos, felizes por conseguir derrotar um destino improvável? Imaginar um verdadeiro amor, uma criança nascida de um amor perfeito, não da resignação e da conformação...Às vezes só compreendemos que temos uma necessidade avassaladora de alguém quando a perdemos definitivamente, e quando percebemos que tudo isto só se passa na nossa cabeça e que estamos no limiar da loucura...

E depois tento ser racional, relembrar que foram elas que escolheram este destino e que não há nada que eu possa fazer.

Será que amar é isto?

Sinto-me miserável...

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial