quinta-feira, novembro 05, 2009

Padralhada aqui é que não


Encontrei um qualquer texto da net sobre morte, mas escrito por um padre e só podia dar mesmo merda. Este blog é contra as ideias de mártir religioso.

E porque este livro aborda uma temática importante sobre a natureza humana, usando Caim como metáfora, a ver se consigo juntar uns trocos para comprar o livro CAIM, de José Saramago. Já vi que custa 13 euros e pouco.




GRAÇAS A DEUS SOU ATEU


Neste país de padralhada baforenta que chiba e tenta enfiar uma treta de uma história sem pés nem cabeça em crianças a quem limitam a capacidade de pensar desde início, é de louvar, não aos céus, mas à força, lucidez e resistência de um senhor chamado José Saramago, que aos oitenta e tantos anos e depois de alguns problemas de saúde produz uma obra capaz de abanar esta imensa podridão das seitas religiosas e dos livros sagrados, e consequentemente do poder da igreja católica na ideologia de tanta gente.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial